Escritos na nuvem

Galeria de foto 10 Fotos
2428
2429
2430
2431
2334
2335
2432
2433
2434
2435

Montblanc realiza um encontro internacional – e virtual – para falar da arte da caligrafia. Em paralelo, Maison alemã lança a campanha #InspireWriting no Instagram.

Com as restrições contato social devido à pandemia, vemo-nos cada vez mais – como se já não estivéssemos em demasia – diante de um teclado de computador, notebook, tablete ou celular. Para tentar equilibrar o score do jogo analógico x digital, a Montblanc realizou no dia 24 de junho um encontro virtual com 85 pessoas, entre convidados, jornalistas e representantes da marca alemã, conectados na Europa e nas Américas, para falar de caligrafia.

The Power of Writing – Digital Talk & Calligraphy Workshop foi iniciado por Vincent Montalescot, vice-presidente executivo de marketing da Montblanc, que abriu a sessão lembrando que neste momento, em que estamos o tempo todo isolados, digitando mensagens e nos comunicando por video-conferências e afins, buscamos entender a realidade, enquanto buscamos respostas e algum conforto. Usar papel e caneta, disse ele, tem ajudado a “observar, captar e processar as muitas reviravoltas dos últimos meses”. Para Vincent, quando se tenta desacelerar e ter equilíbrio, escrever à mão é uma ferramenta poderosa.

Após a apresentação dos convidados, a palavra foi passada para o mediador, o jornalista inglês Dylan John Jones, que prosseguiu a conversa perguntando a um seleto grupo de panelistas como era sua relação com a escrita à mão. Da escritora inglesa Nikita Gill a Zaim Kamal, diretor criativo da maison, os convidados ressaltaram como as ideias parecem fluir melhor quando se escreve à mão, mesmo que seja apenas uma pequena anotação. O ato teria até mesmo um efeito terapêutico, até mesmo no som da caneta em atrito com o papel.

Nikita encerrou sua participação lendo o poema Love in the Time of Coronavirus, de sua autoria, e que retoma o tema da escrita em seus versos: “Você sabia que escrever cartas para nossos amigos voltou à moda?”. Após o bate-papo virtual, o designer gráfico inglês Seb Lester fez uma breve oficina de caligrafia, ressaltando os aspectos lúdicos da caligrafia. Especialmente quando se tem, à mão, um instrumento de escrita tão icônico como as canetas Montblanc.

Além do encontro virtual, a Montblanc lançou uma campanha mundial que celebra a letra e a expressão escrita, sob a hashtag #InspireWriting: “A caligrafia é uma das formas de autoexpressão para a qual muitos se voltaram. Escrever à mão não é apenas um veículo para a criatividade, mas também uma maneira significativa e pessoal de se conectar com os outros”. Com a ação, a marca seleciona influenciadores do mundo todo, que participam de desafios diários de redação, apresentados em suas contas de Instagram. Mais informações em montblanc.com/benefitsofwriting.

 

Sem comentários

Comentários estão fechados

Anuncie na MADE!

Faça o download do nosso Mídia Kit para maiores informações sobre anúncios!
Clique aqui para baixar

 

O seu portal de lifestyle que mescla conteúdos relacionados ao mercado de luxo, moda, arquitetura, design, gastronomia e turismo, entre outros assuntos.

SIGA, CURTA, COMPARTILHE