5 cuidados elétricos para ficar seguro em casa durante a quarentena

Maior tempo em casa eleva o uso de aparelhos e expõe pessoas a riscos

Falar em risco à vida durante uma pandemia de coronavírus pode soar algo menor, mas com a quarentena vieram mudanças de rotinas e hábitos que necessitam de tantos cuidados quanto um dia normal.

Para diminuir a velocidade de contágio, as autoridades recomendaram uma quarenta voluntária para a maior parte da população: adultos passaram a trabalhar de casa enquanto jovens e crianças tiveram aulas presenciais suspensas, recorrendo ao ensino à distância até que seja seguro.

Isso elevou significativamente o tempo que passamos em casa, expondo-nos a riscos domésticos conhecidos do dia a dia, mas que podem passar despercebidos durante uma crise com essa. Quando se fala de elétrica, acidentes podem ser fatais!

Fabricante e especialista em materiais elétricos, a STECK compartilha cinco situações em que você sempre deve ficar atento, mas especialmente durante a quarentena:

1.    Cuidado com as sobrecargas

Ficar mais tempo em casa significa que aparelhos e dispositivos eletrônicos passarão mais tempo ligados, e a depender da quantidade pessoas na casa ou apartamento, muitos deles provavelmente serão acionados simultaneamente por longos períodos.

Seja novo ou antigo, o imóvel precisa estar protegido com disjuntores no quadro elétrico para evitar que sobrecargas danifiquem as instalações. Isso acontece porque o excesso de carga eleva a temperatura e derrete a proteção do cabeamento.

Os fios desencapados podem se encontrar e provocar o temido curto-circuito, causando um pico de carga que pode provocar faíscas e iniciar um incêndio.

Mesmo sob a proteção do disjuntor, jamais improvise ligando vários aparelhos no mesmo ponto de energia por meio de adaptadores/benjamins/filtros de linha.

2.    Cuidado com os choques

Segundo dados da Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade), aproximadamente 700 pessoas perderam a vida por conta de choques elétricos em 2019 e dessas mortes, o motivo mais frequente (85 casos) foi justamente o fio partido em ambiente interno.

Além da possibilidade de causar curtos, fios desprotegidos causam choques ao simples toque. O perigo é ainda maior quando esses fios estão ocultos sob excelentes condutores de eletricidade, como as carcaças metálicas ou superfícies molhadas.

O corpo humano é composto na sua maior parte de água, além de ter órgãos que reagem a estímulos elétricos. Seja qual for a intensidade de um choque, ele pode causar danos irreversíveis especialmente nas pessoas enquadradas como grupo de risco.

A melhor forma de se proteger dos choques é se certificar que seu quadro elétrico possui o dispositivo Interruptor Residual Diferencial, o IDR, responsável por interromper a energia ao sinal de uma fuga de corrente, como é conhecido o choque tecnicamente.

3.    Cuidado na manutenção

Uma parte considerável das vítimas fatais por choques elétricos foram os próprios moradores na tentativa de fazer pequenos reparos sem a devida instrução e proteção.

Se a sua residência passa por vistorias e manutenções preventivas com frequência (e quanto mais se utiliza, mas frequentes elas devem ser), é provável que a instalação resista à necessidade de reparos urgentes até o fim da quarentena.

Sempre procure auxílio profissional, ainda mais se você não tem qualquer conhecimento e ferramentas adequadas para executar aquele reparo, mesmo que seja algo tido como simples como trocar uma tomada ou a resistência do chuveiro.

Como os eletricistas também estão de quarentena, procure consultar um profissional de sua confiança se há urgência de algum reparo. Uma vez definida a necessidade de uma visita, isole o local, abra bem as janelas e ofereça álcool em gel ao profissional.

Numa emergência crítica, desligue a chave geral do imóvel, use calçados emborrachados e contate imediatamente um eletricista.

4.    Cuidado com as crianças e idosos

Crianças e idosos formam o curioso encontro entre as gerações da ingenuidade e a experiência. Você pode até acreditar que os mais velhos levam vantagem sobre os mais novos por conhecerem os riscos há mais tempo, mas o nível de cuidado é similar.

Basta ver o quanto é difícil convencer os avós a ficar em casa nesta quarentena. Uma vez em casa, é preciso estar sempre próximo deles: muitos idosos já não possuem reflexos apurados, podendo ignorar situações de risco por simples falta de atenção.

As crianças são curiosas por essência. O maior tempo em casa pode angustiá-las a ponto de estarem sempre procurando algo para se entreter. Aparelhos eletrônicos despertam o interesse dos pequenos, instigando-os a querer abri-los ou simplesmente entender como funcionam.

Proteja tomadas e quadros de energia e certifique-se que eles estejam brincando à distância segura das instalações e do cabeamento dos aparelhos. Maletas com ferramentas devem estar sempre longe do alcance dos pequenos.

5.    Higienize aparelhos e interruptores

Infectologistas alertam que o vírus Covid-19 pode sobreviver por horas ou até dias a depender a superfície em que ele repousar.

Celulares e tablets exigem atenção especial por estarem frequentemente à mão, mas também tocamos frequentemente TVs, computadores de mesa, notebooks, teclados, mouses, micro-ondas, fogão e interruptores nas tomadas.

Certifique-se que esses aparelhos estejam desligados antes da limpeza e siga as instruções do fabricante antes de aplicar qualquer produto. Tomadas com interruptores, por exemplo, podem ser limpas com pano umedecido com álcool 70%.

Sobre a STECK
Líder no fornecimento de materiais elétricos para usos residencial, comercial e industrial, a Steck possui mais de 50 linhas de produtos, de acordo com as mais rigorosas normas nacionais e internacionais de segurança e qualidade, garantindo a posição da marca entre as mais conceituadas do mercado. Presente em 18 países da América Latina, a Steck conta com uma fábrica e um centro de distribuição em São Paulo, uma fábrica em Manaus, uma unidade na Argentina e outra no México. A empresa é vencedora dos principais prêmios do setor elétrico e está presente em todas as fases de uma obra. Hoje, qualquer profissional sabe que é impossível falar em materiais elétricos, sem falar em Steck.
Steck. Esta é a sua marca!

 

Sem comentários

Comentários estão fechados

Anuncie na MADE!

Faça o download do nosso Mídia Kit para maiores informações sobre anúncios!
Clique aqui para baixar

 

O seu portal de lifestyle que mescla conteúdos relacionados ao mercado de luxo, moda, arquitetura, design, gastronomia e turismo, entre outros assuntos.

SIGA, CURTA, COMPARTILHE